Tarso e Yeda se encontram em clima cordial no Rio Grande do Sul

Reunião foi a primeira após eleição do petista, e encaminhou projetos do novo governo

Alexandre Haubrich, iG Porto Alegre |

Aconteceu na tarde desta segunda-feira, dia 8, o primeiro encontro entre o governador eleito do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT) e a atual governadora, Yeda Crusius (PSDB). Os comentários à saída da reunião foram de alívio. Apesar da expectativa causada pelo constantemente forte enfrentamento político entre Yeda e a oposição, a conversa foi “cordial”, como Tarso definiu mais tarde em seu Twitter.

Os dois se encontraram no Palácio Piratini, e o petista entregou à governadora um projeto com demandas do futuro governo. Yeda se comprometeu a enviar à Assembleia Legislativa o projeto da criação da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI), da reformulação do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social e a reforma administrativa.

PPPs causam divergência
Criticadas por Tarso durante a campanha, as Parceiras Público Privadas seguem em voga nestes últimos momentos de governo Yeda. A RS-010, o complexo prisional de Canoas e a revitalização do Cais Mauá são projetos em andamento que possuem a participação do governo e de empresas privadas, e Yeda disse que dará continuidade a eles nesse formato, inclusive por estarem “em fase final”, segundo a governadora.

Por causa da diferença no entendimento sobre o tema, Tarso pediu relatórios que detalhem a situação desses investimentos, para que se procure entrar em um acordo que, ao mesmo tempo em que permita que Yeda termine seu governo da forma que entender a mais correta, essas decisões não afetem planos do PT para os próximos quatro anos.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG