Supremo abre inquérito para investigar Orlando Silva

Ministra Carmem Lúcia Antunes Rocha quer investigar suspeitas de envolvimento do ministro do Esporte em esquema de corrupção

AE |

A ministra Carmem Lúcia Antunes Rocha, do Supremo Tribunal Federal (STF) abriu inquérito para investigar as suspeitas de envolvimento do ministro do Esporte, Orlando Silva, no esquema de corrupção na pasta. Ela atendeu a um pedido do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que na semana passada requereu a abertura formal da investigação.

Leia também: Ministro do Esporte ainda sofre ameaça de perder cargo

AE
Ministro do Esporte prestou depoimento na Câmara na semana passada

Carmem Lúcia pediu ao Tribunal de Contas da União (TCU) que informe se existem processos em andamento no órgão sobre convênios firmados no âmbito do ministério do Esporte. Ela também requisitou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) que encaminhe ao Supremo inquérito que investiga a participação do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz nas supostas irregularidades.

Quando esse inquérito chegar do STJ, o procurador-geral da República analisará se há conexão entre os fatos investigados naquele tribunal e no Supremo. Se houve essa conexão, o inquérito poderá ser transferido do STJ para o Supremo.

Depoimento no Congresso

O ministro voltou hoje à Câmara para prestar esclarecimentos sobre as denúncias de corrupção. Esta é a segunda vez que Orlando Silva comparece no Congresso para falar sobre o susposto esquema na pasta de Eportes. O líder do DEM na Câmara, deputado ACM Neto (BA), sugeriu uma acareação entre o ministro e o denunciante, o policial militar João Dias.

(Com Agência Estado)

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG