Suplicy pede prévias para escolher candidato do PT em SP

Senador se reuniu com o presidente municipal do partido, Antonio Donato, para pedir que candidato seja escolhido no voto

AE |

selo

AE
Prévias são tema incômodo no PT desde que o próprio Suplicy disputou internamente com Lula
Para irritação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva , o senador Eduardo Suplicy decidiu pedir a realização de prévias no PT para a escolha do candidato do partido na disputa pela Prefeitura de São Paulo em 2012. O pleito foi levado ao presidente do PT municipal, vereador Antonio Donato, na noite de segunda-feira.

Na conversa, Suplicy também afirmou sua intenção de colocar seu nome na disputa interna como pré-candidato. "Queria trocar ideias sobre a importância de realizar prévias", afirmou o senador. "E acho que é legítimo que eu também possa ser considerado como candidato."

O tema das prévias é desconfortável no PT desde que o próprio Suplicy insistiu em uma eleição interna para a escolha do candidato a presidente em 2002. Na ocasião, enfrentou Lula e perdeu por 84,4% a 15,6%. Muitos petistas acreditavam, como creem agora, que o candidato deveria ser escolhido por consenso.

Mais de um ano antes da eleição, as correntes petistas trabalham por um acordo que evite a disputa interna. Apesar disso, aliados da senadora Marta Suplicy indicaram que, se o ministro da Educação, Fernando Haddad, entrasse na disputa, ela pediria prévias. Na semana passada, o ministro disse que seu nome está colocado para a corrida.

Marta e Haddad são os dois nomes fortes que anunciaram a disposição de concorrer. O ministro tem Lula como cabo eleitoral. O ex-presidente pretende impor sua vontade. Os aliados de Marta usam as prévias como forma de mostrar que a militância prefere a senadora a Haddad. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: Eleições 2012Marta SuplicyFernando HaddadLula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG