Suplicy articula acareação entre Battisti e filhos de vítimas

Segundo o senador, o ex-ativista já se prontificou a receber os filhos das supostas vítimas para contar pessoalmente a sua versão

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) está intermediando uma tentativa de acareação entre ex-ativista italiano Cesare Battisti e os filhos das vítimas de quatro assassinatos supostamente cometidos por Battisti.

Segundo Suplicy, o ex-ativista já se prontificou a receber os filhos das vítimas para contar pessoalmente a sua versão.

“Caso eles desejem vir ao Brasil me disponho a levá-los à Papuda ( presídio onde Battisti está detido, em Brasília ) para que eles tenham uma conversa olho no olho e o próprio Battisti esclareça como não participou dos crimes”, disse Suplicy.

O senador enviou um e-mail ao correspondente no Brasil de uma agência de notícias italiana para que ele faça o contato com os filhos das vítimas.

Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália por ter supostamente participado de quatro homicídios cometidos pelo grupo radical de esquerda Proletários Armados Pelo Comunismo (PAC) na década de 70.

No Brasil desde 2004, Battisti nega participação nos crimes e é alvo de um pedido de extradição do governo italiano desde 2007, quando a Justiça brasileira determinou sua prisão preventiva.

Na última semana de dezembro o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou a extradição. O caso agora será apreciado pelo Supremo Tribunal Federal.

    Leia tudo sobre: cesare battistiacareaçaovítimaseduardo suplicy

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG