STJ absolve Palocci de acusação de improbidade administrativa

Processo refere-se ao tempo em que Palocci era prefeito de Ribeirão Preto; hoje, ele está na equipe de transição de Dilma Rousseff

Agência Estado |

selo

Agência Estado
Palocci em São Paulo, no fim de semana
Os ministros da 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitaram o recurso do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) contra o ex-prefeito de Ribeirão Preto Antonio Palocci, hoje deputado federal pelo PT e integrante da equipe de transição do governo da presidenta eleita, Dilma Rousseff (PT).

O MP pedia a condenação de Palocci por improbidade administrativa por ter autorizado a contratação de serviços de informática sem licitação, durante sua gestão na cidade do interior paulista. Palocci já tinha sido absolvido em primeira e segunda instâncias e aguardava o julgamento desse recurso no STJ. O relator, ministro Teori Zavascki, afirmou que, no recurso do MP, não havia argumentos suficientes para contrariar a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que o absolveu.

    Leia tudo sobre: palocciribeirão pretostjmp-spdilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG