Tamanho do texto

Ricardo Joaquim de Oliveira, 47 anos, foi morto durante reunião do Partido da Pátria Livre; Polícia Civil investiga o caso

selo

O ex-secretário de Defesa e Convivência Social do Guarujá, em São Paulo, Ricardo Joaquim de Oliveira, 47 anos, foi assassinado na noite de quinta-feira com ao menos cinco tiros.

Ricardo Joaquim foi morto durante uma reunião do Partido da Pátria Livre (PPL), na Rua Mário Silveira, 305, no Jardim Conceiçãozinha, por volta das 20 horas. A Polícia Civil do município investiga o caso.