Sindicalistas protestam em São Paulo

Centrais sindicais fazem manifestação e pedem redução da jornada de trabalho para 40 horas e valorização das aposentadorias

AE |

Mais de cinco mil pessoas se reuniram nesta manhã na Praça Charles Müller, em São Paulo, para participar de uma manifestação convocada por algumas das principais centrais sindicais do País. O ato, liderado pela Força Sindical, começou por volta das 10 horas, em frente o Estádio do Pacaembu, na zona oeste da cidade. Para o protesto, foi traçado o trajeto de uma passeata até a Assembleia Legislativa, passando pela Avenida Paulista.

Futura Press
Centrais se reuniram na Praça Charles Müller antes de seguir em passeata até a Assembleia, passando pela Paulista

Os manifestantes pedem a aprovação da pauta trabalhista no Congresso. Segundo a Força Sindical, entre as reivindicações estão: redução dos juros, fortalecimento do mercado interno, redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução do salário, fim do fator previdenciário, valorização das aposentadorias, regulamentação da terceirização para garantir os direitos dos trabalhadores, entre outras.

Além da Força, participam do ato União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB) e Nova Central, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) e União Nacional dos Estudantes (UNE).

Trânsito

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai monitorar o trânsito para a realização da caminhada do "Congresso das Centrais Sindicais" até as 18h desta quarta-feira. Veja as medidas adotadas:

- Poderá haver bloqueio do acesso à Rua Major Natanael, junto a Avenida Doutor Arnaldo, do Túnel Rebouças de acesso à Rua Major Natanael;

- A Avenida Doutor Arnaldo terá ocupação de duas faixas da esquerda (sentido Paulista) para passagem dos participantes, com interdição do túnel sob o Complexo Viário, acesso à Avenida Paulista;

- Caso seja necessário haverá bloqueio total da Avenida Doutor Arnaldo e os veículos serão desviados para a Rua Oscar Freire e Avenida Rebouças;

- Interdição da Avenida Paulista, no sentido Paraíso.

Desvios

- Os veículos provenientes da Avenida Doutor Arnaldo (sentido Paulista) deverão seguir até a Avenida Rebouças e Alameda Santos;

- Os veículos provenientes da Avenida Pacaembu (sentido Estádio) com destino a Avenida Doutor Arnaldo poderão ser desviados para a Avenida Arnolfo Azevedo, ruas Alameda Pereira Guimarães, Cardoso de Almeida, chegando a Avenida Doutor Arnaldo;

- Avenida Paulista interditada (sentido Paraíso) terá como desvio a Alameda Santos, com retorno na Avenida Brigadeiro Luiz Antônio.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: centrais sindicaismanifestação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG