Senado vota toda pauta prevista para esforço antes das eleições

Entre os projetos aprovados está a revogação de regulamentação dos casos de invalidez e incapacidade física nas Forças Armadas

Agência Brasil |

Em menos de duas horas, os senadores aprovaram a pauta definida na tarde desta terça-feira para o esforço concentrado desta semana. Foram aproximadamente 40 matérias votadas, entre resoluções, indicações de autoridades e embaixadores, quatro projetos de lei e 11 autorizações de empréstimos para Estados. Uma das autorizações foi dada ao Ministério da Saúde para conseguir empréstimo de US$ 67 milhões com o Banco Mundial para aplicar em seu programa de DST/aids.

Entre os projetos de lei, um dos aprovados revoga os decretos que regulamentavam os casos de invalidez e incapacidade física nas Forças Armadas. Por serem muito antigos, os decretos já não tinham mais validade, nem se enquadravam na realidade atual. O texto trata ainda da organização de comissão especial para cuidar de nova regulamentação sobre este assunto.

Outro projeto aprovado nesta tarde é o que institui o pagamento de adicional de periculosidade para profissionais que atuam como vigilantes ou que façam a proteção pessoal ou patrimonial. Esse projeto volta para deliberação da Câmara dos Deputados.

Foram aprovados ainda dois projetos. Um deles trata da criação de cargos em comissão no Ministério da Fazenda. O outro, cria o Dia Nacional do Rotariano - jovens entre 18 e 30 anos participantes de programa criado pelo Rotary Club International destinado à inserção de pessoas dessa faixa etária em projetos sociais para a criação de um “mundo melhor”.

    Leia tudo sobre: SenadoForças Armadaslei

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG