Senado cumprirá decisão sobre Ficha Limpa, diz Sarney

Presidente da Casa admite que decisão do Supremo frustra a população

AE |

selo

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou nesta manhã que a Casa cumprirá a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que adiou para 2012 a entrada em vigor da Lei da Ficha Limpa. O peemedebista ressalvou que aguardará a orientação da Corte sobre a execução de sua decisão.

"Decisão do Supremo Tribunal Federal não se discute, a gente tem é que cumprir", declarou Sarney, observando que a Corte é responsável pela guarda da Constituição Federal, cabendo a ela a palavra final sobre a lei.

Ele admitiu que o entendimento pode trazer alguma frustração à população, já que a Lei da Ficha Limpa foi de iniciativa popular e, após amplo debate, acabou aprovada pelo Congresso. "A lei foi muito discutida e teve a finalidade de purificar o processo eleitoral", enfatizou.

    Leia tudo sobre: Ficha LimpaSTFSarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG