Secretária do Senado duvidou que Miriam Belchior fosse ministra

Ministra tentou levar ao presidente da Casa adendo ao Orçamento sobre reajuste do Judiciário

AE |

selo

AE
Miriam Belchior preferiu retornar ao ministério em vez de aguardar
De surpresa, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, foi pessoalmente hoje entregar ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), o adendo à proposta do Orçamento de 2012, com o reajuste do Judiciário e do Ministério Público. Ela chegou ao Senado por volta do meio-dia, discretamente, sem alarde.

Leia também:
- Reajuste do Judiciário faz Dilma enviar mensagem ao Congresso

A recepcionista que atendeu Miriam não confiou muito que, em plena sexta-feira, era mesmo uma autoridade e disse: "Olha, tem uma moça aqui que diz que é ministra".

Assessores do Senado constataram que era verdade e pediram que Miriam aguardasse, enquanto se comunicavam com Sarney, mas ela preferiu retornar ao ministério. A mensagem terminou sendo protocolada na secretaria da Mesa do Senado pela assessora parlamentar do Ministério do Planejamento.

    Leia tudo sobre: ECONOMICOPOLITICA

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG