Sarney muda comando do Senado e deve trocar 20 diretores

Dóris Peixoto, ex-chefe de gabinete de Roseana Sarney, foi nomeada como diretora-geral da Casa

Adriano Ceolin, iG Brasília |

Recém reconduzido à Presidência do Senado, José Sarney (PMDB-AP) decidiu promover uma ampla troca de cadeiras nos cargos de comando da administração da Casa. Cerca de 20 diretores serão trocados.

Hoje foi confirmada a nomeação da nova diretora-geral: Dóris Peixoto ocupará o lugar de Haroldo Tajra, que havia sido indicado por Heráclito Fortes (DEM-PI)- não reeleito.

Ex-chefe de gabinete de Roseana Sarney (PMDB-MA), Dóris é de extrema confiança da família Sarney. No auge das irregularidades em nomeações secretas, ela ganhou o cargo de diretora de Recursos Humanos e fez mudanças positivas no setor.

O diretor do Prodasen, Carlos Magno Santoro, também perderá o posto. Com nome oficial de Secretaria Especial de Informática, o Prodasen é responsável por toda infraestrutura de computação da Casa e por isso faz compras milionárias.

    Leia tudo sobre: josé sarneysenadopresidênciadiretoria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG