Romário vai ao Congresso e faz treino como deputado

Baixinho evitou cobrar de Dunga convocação de Neymar e não arriscou placar de Flamengo e Corinthians

Severino Motta, iG Brasília |

AE
O ex-jogador de futebol Romário é visto ao lado do deputado Alexandre Cardoso durante sua visita à Câmara dos Deputados.
Em sua primeira visita ao Congresso Nacional, o ex-jogador e pré-candidato a deputado federal pelo PSB do Rio de Janeiro, Romário, iniciou seu treino no mundo da política. Fugiu de temas polêmicos e não quis arriscar o placar do jogo entre Corinthians e Flamengo pela Copa Libertadores. Nem mesmo um pedido para que o técnico Dunga convoque o garoto Neymar para a seleção foi feito pelo baixinho.

“Neymar é um grande jogador de futebol, tem futebol digno de ser convocado, mas Dunga é inteligente e já mostrou a que veio. Ele vai ser inteligente na hora de escolher os 23 [jogadores da seleção]”, disse.

Ao ouvir a resposta, um dos jornalistas que entrevistava o ex-jogador chegou a comentar: “Já está virando político hein, Romário”. A frase foi recebida com sorrisos pelo baixinho.

Seguindo em seus dribles, Romário não arriscou dizer quem vai ser o vencedor do confronto da noite de hoje entre Corinthians e Flamengo. “Ai fica difícil...”, limitou-se a comentar.

No Congresso, acompanhado do deputado Alexandre Cardoso (PSB-RJ), Romário disse que veio a Brasília resolver problemas pessoais e aproveitou para “conhecer o campo” em que pode trabalhar caso vença a eleição em outubro.

Sobre sua plataforma política, o craque citou o futebol. Disse que vai usar o esporte para tentar tirar crianças em situação de risco das ruas do Rio com projetos ligados à bola. Sem modéstia, disse que espera ser na Câmara o que foi nos gramados.

“Na minha carreira fui um dos melhores do mundo, como político, se Deus quiser e me der essa oportunidade vou tentar fazer o melhor para o povo”.

O ex-jogador ainda elogiou o projeto “Ficha Limpa”, que visa impedir que pessoas condenadas pela Justiça assumam cargos eletivos. “Para entrar [na política] tem que ter ficha limpa. Isso é um grande exemplo, os deputados estão de parabéns”.

    Leia tudo sobre: Romáriopolíticacandidatopsbeleição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG