Renan Calheiros integra Conselho de Ética do Senado

Senador já foi alvo de cinco representações no colegiado em 2007

AE |

selo

Alvo em 2007 de cinco representações no Conselho de Ética do Senado, o líder do PMDB, senador Renan Calheiros (AL), é membro titular do colegiado, que está desativado há dois anos. O nome dos 15 novos integrantes foi oficializado, no início da sessão do plenário, com a leitura da relação de nomes indicados pelos líderes dos partidos.

Além de Renan, o PMDB é representado no conselho pelos senadores João Alberto Souza (MA), Romero Jucá (RR) e Lobão Filho (MA), que assumiu o mandato com a nomeação de seu pai, Edison Lobão, para o cargo de ministro das Minas e Energia.

Os demais integrantes do Conselho de Ética do Senado são, pelo PT, os senadores Humberto Costa (PE), Wellington Dias (PI) e José Pimentel (CE); pelo PSDB, os senadores Mário Couto (PA) e Cyro Miranda (GO); além dos senadores Gim Argello (PTB-DF); Jayme Campos (DEM-MT); Vicentinho Alves (PR-TO); Ciro Nogueira (PP-PI); Acir Gurgacz (PDT-RO) e Antonio Carlos Valadares (PSB-SE).

    Leia tudo sobre: conselho de éticasenado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG