Relatora do Orçamento remaneja verbas e desiste de cortes no PAC

Com a decisão da senadora Serys Slhessarenko, as verbas para o PAC no próximo ano voltam a ser de R$ 43,5 bilhões

Agência Brasil |

No mesmo dia em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ameaçou vetar qualquer redução de recursos para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a relatora-geral do Orçamento de 2011, senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), retirou os cortes. A senadora apresentou adendo ao parecer final que retorna as verbas do programa aos níveis originalmente propostos pelo governo.

Com a decisão da senadora, as verbas para o PAC no próximo ano voltam a ser de R$ 43,5 bilhões. A Comissão Mista de Orçamento (CMO) havia reduzido a dotação para R$ 40,1 bilhões. Para recompor a verba, a relatora remanejou R$ 3,4 bilhões de despesas discricionárias (não obrigatórias) e da reserva de contingência (recursos destinados a situações de emergência) para o programa.

    Leia tudo sobre: orçamentoPAC

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG