Em discurso para 350 pessoas, governador reeleito afirmou que vai buscar junto aos poderes um 'relacionamento fraterno'

selo

O governador reeleito de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), tomou posse hoje às 9 horas na Assembleia Legislativa, na presença de quase 350 pessoas. Ele recebeu a faixa de governador, cargo que ocupa desde 2007, do presidente da casa, Gerson Domingos (PMDB). Em um breve discurso, Puccinelli lembrou que fez de seu primeiro mandato "o trabalho de oito anos em apenas quatro".

Em uma cerimônia que durou apenas 20 minutos, prometeu cumprir o que denominou "Plano 15", que compreende uma série de programas visando a implantar no Estado o "desenvolvimento socioeconômico sustentável e irreversível".

Depois de afirmar que vai buscar junto aos poderes um "relacionamento fraterno", destacou: "Governar envolve muitas vezes atitudes ásperas. Nem sempre se governa com o coração leve".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.