PT quer que Lula seja 'catalisador' da reforma política

'Ele não é o condutor desse processo. Ele é o animador', disse o presidente interino do PT, deputado estadual Rui Falcão

Nara Alves, iG São Paulo |

Após fazer um tour pela Europa e América do Norte como palestrante, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a comandar as articulações em torno das discussões sobre a reforma política e também sobre os rumos do PT nas eleições de 2012 .

Em reunião na tarde desta segunda-feira no Instituto Cidadania, na capital paulista, o ex-presidente se reuniu com lideranças do partido para falar sobre a reforma. Segundo o presidente interino do PT, deputado estadual Rui Falcão, Lula poderá ser um “catalisador deste grande movimento, que não vai ser só do PT”. “Ele não é o condutor desse processo. Ele é o animador. O presidente Lula é uma liderança mundial e com muita responsabilidade no País.”

De acordo com Falcão, o ex-presidente quer conversar com partidos políticos para participar deste debate. O PT deverá convidar para discutir o tema representantes de movimento sociais, centrais sindicais e ONGs.

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) também será ouvido. Ainda segundo Falcão, o debate também será feito com a oposição no Senado. Um dos representantes da oposição com quem o PT pretende abrir o diálogo é o senador tucano Aécio Neves – que, como o PT, é contra mudanças no atual sistema proporcional.

Já o vice-presidente, que é presidente do principal partido aliado do governo Dilma Rousseff , defende o sistema “distritão”.

O ponto de partida, segundo Rui Falcão, será a defesa do financiamento público exclusivo de campanha, com o objetivo de baratear as campanhas e combater a corrupção.

    Leia tudo sobre: lulareforma políticainstituto cidadania

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG