PT e PMDB podem se aliar para eleição de 2012 no Rio

Oficialização da aliança deve ocorrer em junho. O atual prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB) seria candidato, tendo como vice o vereador petista Adilson Pires

AE |

selo

O PT e o PMDB anunciaram uma aliança para concorrer à Prefeitura do Rio de Janeiro em 2012. Segundo o acordo, o atual prefeito, Eduardo Paes (PMDB), vai disputar a reeleição tendo como candidato a vice o vereador petista Adilson Pires. Na atual gestão, Paes tem como vice Carlos Alberto Muniz (PMDB). A oficialização da aliança, porém, deve ocorrer apenas em junho.

Leia também: Alckmin tenta consenso sobre data de prévias do PSDB

Durante a reunião promovida sábado (26) pelo diretório municipal do PT no Rio para anunciar a aliança, porém, o acordo foi questionado pelo deputado federal Alessandro Molon, candidato do PT à prefeitura em 2008. "O PMDB quer usar o PT como burro de carga, como ferramenta para manter o poder. O PT não vai ter nenhuma participação nas decisões e não pode se submeter a isso", diz Molon, que pretende mobilizar militantes contra a aliança. "Muita água ainda vai rolar, não há nenhuma garantia de que essa aliança realmente será firmada".

Em 2008, PMDB e PT também cogitaram uma aliança, que teria Molon como cabeça de chapa e o presidente estadual do PMDB, Jorge Picciani, como candidato a vice. Mas o PMDB acabou lançando Eduardo Paes, que venceu. "Molon tem direito de questionar e discutir isso, mas não acredito que consiga reverter essa posição do partido, porque a posição dele é solitária", afirma o deputado estadual Gilberto Palmares (PT-RJ). "A concretização da aliança depende de duas outras coisas: da flexibilidade do PMDB para incluir propostas do PT em seu programa de governo e de acordos em outros municípios", disse.

"Caso a aliança seja feita, será a primeira vez desde que as eleições municipais voltaram a ser promovidas, em 1985, que o PT não terá candidato próprio no Rio. Então, em outros municípios, como São Gonçalo, os candidatos petistas devem ser apoiados pelo PMDB", disse Palmares, ele mesmo pré-candidato a prefeito na cidade da região metropolitana do Rio.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG