PT de Fortaleza tenta, mas não enxuga lista de pré-candidatos

Reunião serviu para bater o martelo sobre não realizar prévias; nenhum dos cinco nomes da disputa interna retirou a pré-candidatura

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Mário Sabino
A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT)
O PT de Fortaleza quer intensificar o diálogo com os partidos aliados mesmo diante da indefinição em torno do nome que irá disputar as eleições de outubro. Na tarde desta sexta-feira (23), a sigla reuniu pela primeira vez seus cinco prefeituráveis em uma tentativa de enxugar a lista, mas nenhum deles quis retirar a pré-candidatura.

Buscando demonstrar união, os petistas anunciaram que não irão realizar prévias e que o candidato será escolhido de forma consensual por meio de encontro. Eles estabeleceram o dia 20 de maio como prazo final para que isso aconteça.

O almoço que reuniu os pré-candidatos e a prefeita de Fortaleza Luizianne Lins em um hotel de Fortaleza foi marcado em cima do dia. O evento antecedeu em poucas horas o jantar de adesão promovido pelo PSB do governador Cid Gomes, principal aliado da prefeita.

Saiba mais sobre as eleições em Fortaleza:

Com aliança indefinida, PSB faz “corpo a corpo” em Fortaleza

PDT lança principal opositor de Cid como pré-candidato em Fortaleza

A reunião aconteceu a portas fechadas e durou mais de quatro horas. Luizianne saiu sem falar com a imprensa – ela concedeu entrevista somente antes. Coube ao secretário de Educação e pré-candidato, Elmano Freitas, anunciar a decisão de não realizar prévias. Seu nome é tido como o favorito da prefeita para sucedê-la.

“Nós faremos a definição, liderados pela prefeita Luizianne Lins, em consenso e unidade no PT. Até lá, imaginamos, teremos reuniões com os demais partidos da aliança”, disse Elmano, assumindo papel de porta-voz dos petistas. Somente depois de sua entrevista, após alguns jornalistas solicitarem, os demais pré-candidatos também se manifestaram.

Mário Sabino
Reunião do PT em Fortaleza

Dos prefeituráveis que permanecem na disputa, Elmano é o único que nunca concorreu a um cargo eletivo. Já o deputado federal Artur Bruno foi duas vezes vereador de Fortaleza, quatro vezes consecutivas deputado estadual e chegou à Câmara Federal com mais de 91 mil votos.

“O nome que ficar decidido com a prefeita Luizianne e os demais partidos, será aceito por todos”, afirmou Bruno. O parlamentar, que chegou a defender a realização de prévias, deixou no ar a possibilidade de os planos mudarem. “Evidentemente, vamos abrir um prazo depois, se isso não der certo, para outras discussões”, ponderou.

O Secretário das Cidades do Ceará, Camilo Santana, foi eleito deputado estadual mais votado em 2010. Ele pertence ao grupo do deputado federal José Nobre Guimarães e conta com a predileção de Cid Gomes. Dois vereadores completam a lista: o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Acrísio Sena, e Guilherme Sampaio. O primeiro, embora comande o parlamento municipal, está ainda em seu primeiro mandato. Enquanto o segundo, foi eleito para seu segundo mandato com a maior votação entre os petistas.

    Leia tudo sobre: eleições2012eleiçõesceptfortaleza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG