PSDB vai investigar novas denúncias no Ministério do Trabalho

Líder tucano na Câmara quer aprovar requerimentos para convocar envolvidos em esquema com ONG na pasta

Adriano Ceolin e Severino Motta, iG Brasília |

AE
Deputado Duarte Nogueira (PSDB-SP) defende apuração no Trabalho
O líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP), afirmou que a oposição pretende apurar sobre as novas denúncias no Ministério do Trabalho. O iG publicou hoje reportagem mostrando que uma Organização Não-Governamental (ONG) suspeita de irregularidade em convênios com a pasta é dirigida por militantes do PDT, partido que comanda o Trabalho desde 2007 .

O caso é similar ao do Ministério do Esporte, alvo de denúncias envolvendo ONGs ligadas ao PCdoB e que levaram à demissão de Orlando Silva Júnior (PCdoB). “Na quinta-feira (3), nossa equipe de técnicos vai analisar esse caso e podemos, a partir daí, tomar alguma medida como a convocação das pessoas envolvidas”, disse Duarte.

A Confederação Nacional dos Evangélicos (Conae) é uma ONG que recebeu R$ 3,3 milhões do Ministério do Trabalho para realizar cursos de qualificação profissional para jovens . O iG revelou que três dos seis dirigentes da entidade são ou foram filiados ao PDT, partido do qual o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, é o presidente nacional licenciado.

“Esse caso no Trabalho guarda muitas similaridades com o que aconteceu na pasta do Esporte, mostrando que o esquema com ONGs foi herdado pelo governo da presidenta Dilma Rousseff”, disse o líder do PSDB. “O caso revela ainda que a Controladoria Geral da União (CGU) não dá conta de fiscalizar nada”, completou o tucano.

    Leia tudo sobre: PSDBMinistério do TrabalhoCrise no Esporte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG