Em reunião que vai formalizar entrada de Serra na disputa, partido discutirá adiamento do pleito interno

Está marcada para as 19 horas desta terça-feira a reunião que irá oficializar a entrada do ex-governador José Serra no processo de prévias do PSDB na capital paulista. A votação interna que irá escolher o candidato tucano à Prefeitura de São Paulo aconteceria inicialmente no próximo domingo, dia 4 de março. O partido, no entanto, decidiu adiar a data para legitimar a pré-candidatura retardatária de Serra.

Leia também: Eduardo Campos fará PSDB de São Paulo apoiar Haddad

Serra entregará carta ao diretório do partido
AE
Serra entregará carta ao diretório do partido
A contragosto dos outros dois pré-candidatos, o secretário José Aníbal e o deputado Ricardo Tripoli, líderes do PSDB querem remarcar a votação para o dia 11 de março. De acordo com uma resolução estadual, o pleito interno tem que ocorrer, no máximo, até o fim de março. O adiamento das prévias será tratado na mesma reunião.

Com o adiamento, o governador Geraldo Alckmin terá tempo de articular uma boa votação para Serra na eleição interna. Na noite de segunda-feira, o PSDB promoveu o sexto encontro entre pré-candidatos à Prefeitura de São Paulo. Em seu discurso, Aníbal criticou indiretamente o ex-governador ao defender que a sigla evite atender a “interesses menores”, de cunho pessoal.

Ontem, o ex-governador confirmou pelo Twitter a intenção de entrar na disputa. Hoje, Serra entregará carta oficializando sua colocação. A expectativa é de que ele o faça pessoalmente nesta tarde. Como não há resistência quanto à entrada de Serra no processo, o pedido será analisado e aprovado.

Edifício Joelma

A reunião desta noite acontecerá no antigo Edifício Joelma, onde funciona o Diretório Municipal do PSDB desde 2008. Rebatizado de edifício Praça da Bandeira após um incêndio na década de 70, o prédio também abriga a sede nacional do PSD, criado pelo prefeito Gilberto Kassab, ex-DEM. O PSD ocupa os andares 11º e 14º.

Saiba mais:
PSDB reforma salas do Joelma para instalar comitês

PSD ocupará dois andares do Edifício Joelma em São Paulo

No mesmo prédio, em 2010, funcionou o comitê de campanha do então candidato à Presidência José Serra. Outros candidatos vencedores se instalaram no Joelma, incluindo o governador Geraldo Alckmin (PSDB), o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) e vice-governador Guilherme Afif Domingos (PSD, ex-DEM). Ao todo, a chapa tucana com o DEM ocupou cinco andares do edifício, do 19º ao 23º.

Para as eleições de outubro deste ano, PSD e PSDB também deverão estar juntos em São Paulo. Desde que Serra demonstrou interesse em disputar a prefeitura da capital Paulista, Kassab ofereceu nomes para ocupar a vaga de vice numa eventual chapa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.