PSDB pede investigação sobre contrato da Pesca

Ministra Ideli Salvatti negou denúncia de que teria recebido recursos de empresa contratada pelo Ministério da Pesca

AE |

selo

O líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PR), pediu hoje que a Comissão de Ética Pública da Presidência da República investigue o uso indevido da máquina pública pelo Ministério da Pesca, que cobrou da empresa Intech Boating uma doação eleitoral para o PT logo após ela ter vencido uma milionária licitação questionada pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Ministro: Crivella defende Ideli em caso da compra de lanchas

Leia também: Ideli nega favorecimento a empresa que doou para sua campanha

Reportagem do jornal O Estado de S.Paulo publicada na sexta-feira revelou que, após ter sido contratada pela pasta para construir lanchas-patrulha ao custo de R$ 1 milhão cada, a Intech Boating foi procurada para fazer uma doação de R$ 150 mil para o comitê financeiro do PT de Santa Catarina. O comitê arcou com a maior parte dos custos da campanha a governador em 2010, cuja candidata era a petista Ideli Salvatti, atual ministra das Relações Institucionais.

AE
Após perder eleição, Ideli assumiu Ministério da Pesca, onde permaneceu por 5 meses

O tucano pediu que a comissão convoque o ex-ministro da Pesca e deputado federal Luiz Sérgio (PT-RJ), que, em entrevista ao Estado no sábado, classificou como "malfeito" a ação da pasta de cobrar repasse de recursos para o comitê petista. "O ministério não pode pedir à empresa contratada doação para o PT", afirmou Alvaro Dias, considerando a fala de Sérgio um "depoimento importante" para a investigação do caso.

O líder do PSDB lembrou que, desde outubro do ano passado, havia apresentado um requerimento para que o Senado obtivesse cópia do relatório da auditoria da licitação da Pesca. Mas, até o momento, apesar das "inúmeras irregularidades" apresentadas na auditoria, segundo ele, seu pedido não foi votado pela Casa.

    Leia tudo sobre: Ideli SalvattiPescaMinistério da PescaPSDB

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG