PSDB criará conselho com Serra, Aécio e FHC

Ideia do grupo é assessorar direção do partido. Presidente da sigla, ainda não escolhido, também fará parte do conselho

Denise Motta, iG Mina Gerais |

O ex-governador de São Paulo José Serra, presidenciável tucano derrotado na eleição do ano passado, deverá integrar um conselho político do PSDB, cuja proposta de criação foi anunciada neste sábado, dia 2. Além de Serra, devem participar do conselho o senador mineiro Aécio Neves, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, oito governadores tucanos, integrantes da Executiva do partido e um deputado federal.

A ideia do conselho foi apresentada pelos oito governadores tucanos após reunião em Belo Horizonte e deverá ser avaliada por integrantes da Executiva do PSDB nos próximos dias. De acordo com o governador de Goiás, Marconi Perillo, o conselho terá a função de assessorar a direção nacional do PSDB, “elaborando ideias nos momentos que exijam participação de líderes mais experientes”.

O presidente do PSDB, deputado federa Sérgio Guerra (PE), disse que apoia o conselho e negou que ela vá interferir no poder da Executiva, mas sim trabalhar de forma coordenada.

“O PSDB prevê conselhos, que normalmente não funcionam. Eu desejo que este funcione. Os integrantes o qualificam para a tomada de decisões relevantes, como a forma que o partido deve agir com o governo federal, além de quais devem ser as prioridades para o partido melhorar seu desempenho e minimizar seus defeitos”, destacou Guerra, que pretende ser reconduzido ao cargo máximo do partido em maio.

O presidente do PSDB, a ser escolhido no próximo mês, além do presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV) também integrarão o conselho político do PSDB. Hoje o capixaba Luiz Paulo Vellozo Lucas é presidente do ITV.

O governador de São Paulo destacou que defenderá um espaço importante para Serra dentro do conselho, mas que a discussão sobre a presidência do não se dará agora. Nem ele nem qualquer outra liderança do PSDB precisou a data em que será decidida a presidência do conselho.

Denise Motta, iG Mina Gerais
Anastasia, Sérgio Guerra e Alckmin participam de encontro do PSDB em Minas Gerais
“Importante é a unidade partidária e nós que temos mandatos - senadores, governadores deputados - e também aqueles que não têm mandato, tenham espaço político para ajudar o partido e defender suas ideias. (É preciso) Ter condições para que todos possam dar sua contribuição. A escolha da presidência do conselho é mais para frente. Defendo uma participação importante do Serra”, ressaltou Alckmin.

Na reunião deste sábado em Belo Horizonte participam os governadores Antonio Anastasia (MG), Geraldo Alckmin (SP), Anchieta Júnior (Roraima), Beto Richa (Paraná), Marconi Perillo (Goiás), Simão Jatene (Pará), Siqueira Campos (Tocantins) e Teotônio Vilela Filho (Alagoas). O senador Aécio Neves (MG) e o presidente do PSDB mineiro, deputado federal Marcus Pestana, também estiveram na reunião, além de deputados estaduais e federais de Minas, do PSDB.

À tarde os caciques tucanos almoçam no hotel Ouro Minas, onde acontece o encontro de tucanos. Depois do almoço, eles discutem Segurança Pública e Educação . Alckmin falará sobre o primeiro tema e Anastasia sobre o segundo.

    Leia tudo sobre: psdbgovernadoresreuniãoconselhominas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG