PSD terá apoio de membros da Associação Comercial, diz Afif

Embora descarte apoio formal da entidade, vice-governador diz que maioria dos membros da associação endossa ideias do novo partido

Nara Alves, iG São Paulo |

O vice-governador Guilherme Afif Domingos, de saída do DEM, afirmou nesta segunda-feira que o recém-anunciado PSD terá apoio de grande parte dos integrantes da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Assim como o prefeito Gilberto Kassab, a quem se uniu para para fundar o novo partido, Afif nasceu politicamente dentro da ACSP.

O vice-governador e o prefeito estiveram juntos nesta segunda-feira na cerimônia de posse da nova diretoria da entidade. Empossado no cargo de presidente da associação, Rogério Amato, ex-secretário de Desenvolvimento Social do ex-governador José Serra (PSDB), aproveitou para anunciar que também tem planos de deixar DEM. Ele negou, porém, que vá ingressar no PSD. “Entrei no início do DEM, mas não tenho vocação para política partidária. Vou me desfiliar, mas não para ingressar em um novo partido”, disse.

Embora Amato tenha ressaltado que a associação comercial não tem partido político, o vice-governador investiu na tese de que boa parte dos membros da entidade apoiarão individualmente a nova sigla. “Não é a associação, são seus membros que podem ter partidos, mas a associação não se mistura com política partidária. Agora, grande parte dos associados é seguidora das ideias do PSD”, pontuou Afif.

"Nós fazemos parte do mesmo grupo há 30 anos e caititu fora do bando é comida para onça", disse Afif, citando um ditado popular. A ACSP já foi presidida por Afif e ainda tem em sua estrutura os parlamentares Guilherme Campos e Walter Ihoshi, que já aderiram ao PSD, além do prefeito paulista.

O apoio de setores da sociedade civil é visto como estratégico para o PSD, para compensar o tempo de televisão restrito a que a sigla tem direito. Além disso, facilitar a busca por recursos para abastecer o caixa partidário.

A posse da diretoria da ACSP marcou também o primeiro encontro entre Kassab e e Serra, desde que o prefeito anunciou sua saída do DEM. O evento contou ainda com a presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin , (PSDB), do secretário da Casa Civil, Sidney Beraldo, do secretário José Aníbal (PSDB) e do deputado Rodrigo Garcia (DEM), além de prefeitos paulistas.

    Leia tudo sobre: geraldo alckminguilherme afifPSDACSP

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG