PSD ocupará dois andares do edifício Joelma em São Paulo

Prédio marcado por tragédia e que abrigou comitê tucano será sede do novo partido de Kassab

Nara Alves, iG São Paulo |

A sede do futuro Partido Social Democrata, o PSD, a ser criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), vai ocupar os andares 11º e 14º do antigo edifício Joelma, no centro da capital paulista. No mesmo prédio, rebatizado de edifício Praça da Bandeira após um incêndio na década de 70, funciona o Diretório Municipal do PSDB desde 2008.

Adriana Elias/iG
Fachada do edifício rebatizado de Praça da Bandeira em 1978
Em 2010, o prédio serviu como sede do comitê de campanha dos candidatos tucanos José Serra (Presidência), Geraldo Alckmin (Governo de São Paulo) e Aloysio Nunes Ferreira (Senado). O então candidato a vice-governador Guilherme Afif Domingos, hoje de saída do DEM rumo ao PSD, também se instalou no local. Ao todo, a chapa tucana ocupou cinco andares do edifício, do 19º ao 23º.

O antigo edifício Joelma foi marcado pela tragédia de fevereiro de 1974, quando 189 pessoas morreram – 40 pularam pelas janelas – e 345 ficaram feridas. O fogo começou no 12º andar e rapidamente se alastrou. Muitas pessoas ficaram presas nos elevadores. O caso deu origem a rumores sobre a ocorrência de fenômenos sobrenaturais nos estacionamentos e escadarias.

Assinaturas

Mesmo após muita polêmica em torno da coleta de assinaturas de apoio para a fundação do PSD, Gilberto Kassab deve conseguir registrar a sigla no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o fim de agosto. Como o iG publicou, o PSD usou a assinatura de quatro pessoas mortas na lista de apoiamento para a fundação da sigla em Santa Catarina. Questionado sobre as irregularidades, Kassab insinuou que a existência de assinaturas de eleitores mortos pode ser obra de adversários políticos.

No momento, os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) estão na fase final de homologação das assinaturas de apoio. De acordo com Kassab, seu novo partido conseguiu cerca de 1,2 milhão de assinaturas, mais que o dobro do necessário para dar entrada no registro da sigla junto à Justiça Eleitoral.

    Leia tudo sobre: PSDKassabJoelmaPSDB

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG