Programa de rádio de presidente deve voltar até fevereiro

O "Café com a Presidenta" ainda não teve nenhum episódio gravado

AE |

selo

O programa Café com o Presidente, repaginado e renomeado, deverá recomeçar no final de janeiro ou início de fevereiro. Suspenso desde que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou o cargo, o programa já foi rebatizado de "Café com a Presidenta" - como Dilma Rousseff prefere ser chamada - no site da Presidência na internet, mas nenhum episódio foi gravado.

Com a agenda cheia nesse início de governo, a presidente Dilma ainda não conseguiu espaço para fazer as gravações, que precisam ocorrer na sexta-feira à noite ou durante o final de semana, já que o programa vai ao ar na segunda-feira às 8h da manhã. Lula costumava gravar no domingo à noite, no Palácio do Alvorada, quando estava em Brasília, ou em qualquer outro lugar do País ou do mundo, já que uma equipe da EBC sempre o acompanhava.

Mas Dilma já informou sua equipe que pretende manter o programa. Na sua última gravação, em 27 de dezembro, Lula aconselhou sua sucessora a fazê-lo. "Eu acho que ela deve continuar porque é um programa que tem tido um êxito extraordinário. Muitas das coisas que nós falamos aqui repercutem na televisão, à noite", disse.

Foi neste mesmo programa, de despedida, que o ex-presidente afirmou ter achado "muito gostoso" governar. "Eu não achei nada complicado, achei até gostoso demais, provar que é possível fazer as coisas, provar que é possível fazer acontecer, provar que é possível permitir que o povo participe", afirmou.

    Leia tudo sobre: dilmarádioprograma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG