Procuradoria-Geral decide investigar secretário de Alckmin

Secretário deixou o cargo sob acusação de receber por plantões sem trabalhar

iG São Paulo |

A Pocuradoria-Geral da República deve abrir investigação para apurar as denúncias envolvendo o ex-secretário de Esporte, Lazer e Juventude do Estado  Jorge Pagura, que deixou o cargo no governo do tucano Geraldo Alckmin. Acusado de receber por plantões médicos na rede pública sem trabalhar, Pagura, segundo o governo, pediu demissão do cargo na última sexta-feira. Sua saída foi anunciada ontem.

Segundo o governo, Pagura pediu demissão, "em caráter voluntário, com o objetivo de facilitar o esclarecimento dos fatos investigados pelo Ministério Público e pela Corregedoria Geral da Administração".

A investigação do MP começou no Hospital Regional de Sorocaba. Outros médicos, enfermeiras e dentistas também estão na lista de suspeitos. Pagura é neurocirurgião e seu nome surgiu na investigação durante gravação de conversas de um diretor do hospital, que discute com o ex-secretário a assinatura do ponto de frequência..

*Com informações do Valor Online

    Leia tudo sobre: Geraldo AlckminJorge Pagura

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG