Prisões no Turismo "desgastam imagem do PMDB", diz Sarney

Presidente do Senado sai em defesa do ministro do Turismo, mas admite impacto no partido

Agência Brasil |

AE
O presidente do Senado, José Sarney
O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou que a Operação Voucher, desencadeada nesta manhã pela Polícia Federal no Mistério do Turismo, provoca desgaste na imagem do partido, que está à frente da pasta.

A operação resultou na prisão de 38 pessoas suspeitas de participar de um esquema de desvios na pasta, entre eles o secretário-executivo do órgão, Frederico Silva da Costa.

“Não há dúvida de que um assunto dessa natureza desgasta o partido. Agora, deve-se investigar o máximo possível até onde possa investigar”, disse, ao classificar Novais como um homem de “reputação ilibada”.

O presidente do Senado negou que tenha sido o responsável pela indicação de Novais para o cargo. “Em primeiro lugar, quero dizer que essa é uma informação que não foi bem apurada pela imprensa, uma vez que o ministro não foi indicação minha”, disse Sarney.

“O acordo com o PMDB foi de que a Câmara ficou de indicar o ministro do Turismo e a bancada do Senado indicar outro ministro, que era o de Minas e Energia. De maneira que o ministro ( do Turismo, Pedro Novais ) foi indicado pela Câmara e quando tive conhecimento ( da indicação ) não sabia que nome dele seria o escolhido”, acrescentou.

Perguntado se o PMDB tem recebido tratamento diferenciado da presidenta Dilma Rousseff na comparação ao que foi dado ao PR durante as denúncias envolvendo o Ministério dos Transportes, Sarney voltou a dizer que, independentemente de partido, todos os ministérios podem ser alvo de investigação.

“Onde houver irregularidade o governo deve agir com energia para que a administração pública tenha um nível de honestidade de que necessita e povo deseja.” Em pouco mais de duas semanas, o Ministério do Turismo é o segundo órgão comandado pelo PMDB que é alvo de denúncias de irregularidade.

    Leia tudo sobre: crise no TurismoJosé Sarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG