Presidente Lula deve voltar a despachar no Palácio do Planalto até o dia 25

Depois da reforma, os visitantes passarão a ser recebidos por recepcionistas e não mais pela segurança do Palácio

Agência Brasil |

Até o próximo dia 25, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve voltar a despachar do Palácio do Planalto. Essa é a expectativa da Presidência da República, que já começou o processo da mudança para retornar ao Palácio.

O presidente está despachando no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília, desde março de 2009, quando começaram as obras de reforma do Palácio do Planalto.

Ricardo Stuckert, Presidência da República
Presidente Lula durante cerimônia oficial no Palácio do Planalto
Entre as mudanças que Lula encontrará em seu local de trabalho, está um gabinete maior, que incorporou a antiga sala usada pela assessoria internacional. Já o gabinete da primeira-dama, dona Marisa Letícia, continua ao lado da sala do presidente, de frente para a Praça dos Três Poderes. Os gabinetes dos ministros de Relações Institucionais, da Casa Civil, da Secretaria Especial de Comunicação Social, do Gabinete de Segurança Institucional e da Secretaria-Geral terão tamanho padrão.

Com a obra, que custou R$ 96 milhões, o Palácio do Planalto recebeu novas instalações elétricas e hidráulicas e elevadores. Também houve troca da mobília e conserto ou substituição de mármore, entre outras mudanças. Os visitantes passarão a ser recebidos por recepcionistas e não mais pela segurança do Palácio, como ocorria antes.

Todos os órgãos da Presidência da República que estão no CCBB devem deixar o prédio até o dia 19 deste mês, período em que estão previstas viagens do presidente. Se no dia 25, quando Lula estará em Brasília, seu gabinete ainda não estiver pronto para a mudança, ele poderá despachar do Palácio da Alvorada, onde mora.

    Leia tudo sobre: Palácio do PlanaltoLula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG