Presidente da Câmara pede Conselho de Ética sobre Jaqueline Roriz

Marco Maia diz que pediu a líderes partidários que indiquem os 15 membros do colegiado; deputada recebeu R$ 50 mil em vídeo

iG Brasília |

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), defendeu hoje a instalação do Conselho de Ética da Casa para acelerar o processo da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF). “Já reforcei o pedido aos líderes dos partidos para indicar os integrantes do Conselho e fazer a instalação na quarta-feira que vem”, disse. O Conselho é formado por 15 deputados com mandato de dois anos.

Leia o especial do iG sobre o escândalo do mensalão do DF

Na semana passada, foi divulgado um vídeo em que Jaqueline aparece recebendo R$ 50 mil em dinheiro das mãos de Durval Barbosa, ex-secretário de Relações Institucionais do governo do Distrito Federal na administração de José Roberto Arruda, que renunciou em março de 2010. Barbosa é a principal testemunha do esquema de corrupção revelado pelo iG em 2009 e investigado pelo Ministério Público.

Maia disse que pediu informações sobre o caso ao Ministério Público. Segundo ele, o material será encaminhado à Corregedoria e ao Conselho de Ética - dois órgãos da Câmara responsáveis por processos por quebra de decoro parlamentar. Como o vídeo foi feito antes de Jaqueline ser deputada, acredita-se que ela não será punida pela Casa.

O presidente da Câmara, porém, afirmou que o Conselho de Ética precisa debater o caso. “As imagens são fortes. Dão conta de um ato ilícito que precisa ser investigado”, disse Maia. “É claro que ela terá direito de defesa. Mas queremos que o Conselho de Ética tenha agilidade e efetividade”, completou Maia.

O presidente da Câmara confirmou que a deputada pediu afastamento da comissão especial que vai discutir a reforma política. Segundo ele, Jaqueline será substituída por Carlos Alberto (PMN-RJ). “Nós fomos informados pelo PMN sobre a substituição. Acho que foi adequada a atitude da deputada”.

    Leia tudo sobre: jaqueline rorizmarco maia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG