Prefeito interino de Dourados (MS) cogita disputar cargo

Juiz assumiu Prefeitura após operação da PF prender prefeito e vereadores

Agência Estado |

selo

O juiz e prefeito interino de Dourados (MS), Eduardo Machado, afirmou hoje que pode ser candidato a prefeito da cidade em 2012 se "a politicagem continuar". A afirmação foi feita no momento em que recebia o comunicado oficial do Tribunal de Justiça para deixar o cargo, que será preenchido pela presidente da Câmara Municipal de Dourados, Délia Razuk (PMDB).

"Se até a próxima eleição para prefeito não fizerem um trabalho pensando nos anseios da população, posso colocar meu nome para ser apreciado", disse.

Ele assumiu a Prefeitura de Dourados em 3 de setembro, quando foi nomeado pelo tribunal para substituir o prefeito Ari Artuzi (sem partido), após uma operação da Polícia Federal que denunciou prefeito, vice-prefeito, cinco secretários municipais, nove vereadores e outros funcionários da prefeitura por envolvimento em corrupção. A investigação da Polícia Federal revelou suposto esquema de fraudes em licitações públicas, que distribuiria dinheiro para todos os acusados. Ontem, mais seis vereadores suplentes tomaram posse na Câmara Municipal em substituição daqueles que foram afastados do cargo.

    Leia tudo sobre: dourados; corrupção

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG