Prefeito de São Francisco de Itabapoana é cassado

Vice também perderá mandato. Ambos são acusados de compra de votos nas últimas eleições municipais

iG Rio de Janeiro |

O juiz Leonardo Cajueiro D’Azevedo, da 130ª Zona Eleitoral, de São Francisco de Itabapoana, no Norte do Estado do Rio de Janeiro, cassou nesta sexta-feira (9) os mandatos do prefeito e do vice-prefeito do município, Carlos Alberto Silva de Azevedo e Frederico Souza Barbosa Lemos.

Os dois são acusados de compra de votos e abuso de poder político e econômico na campanha eleitoral de 2008. Os políticos foram também declarados inelegíveis pelo período de oito anos a contar do pleito em questão e multados em 19 mil Ufir (cerca de R$ 38 mil).

O juiz determinou que a chefia do Executivo Municipal seja ocupada interinamente pelo presidente da Câmara de Vereadores, Florentino Cerqueira de Azevedo “até a realização de novas eleições, se for o caso”.

De acordo com o TRE (Tribunal Regional Eleitoral), uma nova eleição na cidade se justificaria porque Carlos Alberto, da chapa “Muda São Francisco”, foi eleito com 17.084 votos, o equivalente a cerca de 65% dos votos válidos, consagrando-se o candidato mais votado da história do município.

A punição foi pedida pelo Ministério Público Eleitoral com base no fato de que, entre outros ilícitos, Carlos Alberto, à época presidente da Câmara, além da promessa de empregos em troca de votos, procedeu à distribuição de vales-combustível e medicamentos. O prefeito cassado tem o prazo de três dias para recorrer, a contar da próxima segunda-feira (12), quando a sentença deve ser publicada no Diário Oficial.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG