Prefeita de Mariana (MG) expulsa vice de gabinete após assumir

Em ofício, Terezinha Ramos mandou Roberto Rodrigues desocupar sala para dar 'uso prático' ao espaço

Denise Motta, iG Minas Gerais |

A cidade de Mariana (MG), a 111 quilômetros de Belo Horizonte, destaca-se pela troca frequente de prefeitos ao longo dos últimos anos. Desde a eleição de 2008, quando Roque Camello (PSDB) foi eleito e depois cassado por compra de votos, Mariana já teve quatro prefeitos diferentes e mais um novo capítulo no cenário político toma conta da cidade. Após 24 horas da posse, a atual prefeita, Terezinha Ramos (PTB), notificou o vice-prefeito, Roberto Rodrigues (PTB), para que ele desocupe seu gabinete.

A medida levou à reação do vice, que escreveu uma carta à cidade e divulgou o ofício de desocupação de sua sala. Os dois documentos circulam na internet e foram impressos e distribuídos entre os cerca de 40 mil eleitores de Mariana.

Divulgação
Prefeita e vice tomaram foram novamente empossados em 31 de agosto
Rodrigues está em viagem para o exterior e não foi localizado pelo iG para comentar o fato. Na carta ao povo de Mariana, ele diz ter sido informado pessoalmente pela prefeita de que sua contribuição não era mais necessária. A manifestação pessoal de Terezinha teve como reforço um ofício datado no dia 1º deste mês. “Informamos que para fins de readequação dos quadros funcionais e estruturais do prédio da prefeitura, serão disponibilizadas todas as salas para que a chefe do Executivo possa fazer delas livre uso e disposição”, diz o ofício. E finaliza: “Solicitamos a desocupação da sala ora utilizada por vossa senhoria para que dela possa se dar uso prático”.

A comunicação de que seria desalojado de seu gabinete, que é interligado ao gabinete da prefeita, aconteceu apenas um dia após Terezinha e ele tomarem posse, no dia 31 de agosto passado. O comentário entre pessoas ligadas ao vice é de que a medida causa constrangimento, mas, juridicamente, não há nada a ser feito. “Quem regulamenta o uso dos prédios públicos é o chefe do Executivo. O prefeito pode fazer a remoção do vice”, explicou o advogado do vice, Wederson Advincola. Rodrigues desocupou a sala no mesmo dia em que foi notificado.

A prefeita de Mariana não foi localizada para comentar o caso, mas sua assessoria de imprensa comunicou que o desalojamento do vice é temporário. No ofício assinado por Terezinha, entretanto, não fica claro que a falta de um local para o vice-prefeito é uma situação transitória. A assessoria de imprensa não informou qual “uso prático” será dado ao gabinete do vice-prefeito e nem tampouco quando uma nova sala estará à disposição de Rodrigues. Nos bastidores da política em Mariana, comenta-se que Terezinha e seu vice protagonizam uma briga velada. Ela pode tentar reeleição, mas temeria que o colega de chapa também queira disputar o cargo no próximo ano.

Reviravolta política

O tucano Roque Camello foi eleito prefeito de Mariana em 2008, mas perdeu o mandato por compra de votos, em fevereiro de 2010. O processo pedindo a cassação do mandato de Camello partiu de Terezinha Ramos, que ficou em segundo lugar nas eleições. O eleito obteve 42% votos. Ela, 34% votos. Terezinha é viúva do ex-prefeito e pré-candidato nas eleições de 2008, João Ramos (PTB), que foi assassinado durante as eleições. O suposto mandante do crime, Chico da Farmácia, foi preso, mas está em liberdade desde outubro de 2009. Ele teria matado o político porque queria concorrer à prefeitura e o considerava um nome forte.

Após a cassação do eleito, Terezinha assumiu o posto, em março de 2010, mas também foi questionada eleitoralmente por crimes eleitorais. Afastada um mês após assumir, ela cedeu espaço ao presidente da Câmara, Raimundo Horta (PMDB). Ele ficou no cargo de maio a dezembro de 2010. Com a troca da presidência da Câmara, Geraldo Sales de Souza, conhecido como Bambu, assumiu a prefeitura em janeiro deste ano. Após recurso favorável, Terezinha voltou a assumir a prefeitura há cerca de 10 dias.

    Leia tudo sobre: Minas GeraisMariana

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG