PR dará ultimato ao Planalto sobre ministério

Bancadas do Senado e da Câmara ameaçam ir para a oposição se não tiver definição do governo sobre representação na Esplanada

Fred Raposo, iG Brasília |

Quase seis meses após anunciar “independência” do governo, o Partido da República (PR) dará na semana que vem um ultimato ao Palácio do Planalto: ou o partido volta a comandar um ministério ou vai para a oposição.

Agência Brasil
Senador Blairo Maggi (PR-MT) diz que partido quer definição do Planalto
“As bancadas do Senado e da Câmara vão procurar o governo para saber como fica a nossa posição”, disse ao iG o novo líder do PR no Senado, Blairo Maggi (MT). “O partido precisa de uma definição de algo representativo, para saber se fica na base ou vai para a oposição”.

O partido está sem representantes na Esplanada desde a queda do presidente nacional do PR, senador Alfredo Nascimento (AM), do comando dos Transportes. Nascimento deixou a pasta em julho, sob suspeita de corrupção.

Na época, o ex-ministro anunciou que o PR abriria mão de todos os cargos ocupados por indicação no governo federal. Em seu lugar, a presidenta Dilma Rousseff efetivou o então secretário-executivo da pasta, Paulo Sérgio Passos.

Passos é filiado ao PR, mas a cúpula da legenda nunca engoliu sua imposição pela presidenta Dilma. No fim do ano passado, o partido chegou a esvaziar as tentativas do ministro de se manter no cargo . “O Paulo Sérgio não representa o partido”, reforçou Maggi.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG