Pouco antes das prévias, Serra sai menos e pede apoio por telefone

Na reta final da disputa interna do PSDB, equipe do tucano elaborou lista com 50 nomes de militantes de locais que Serra não visitou

AE |

selo

A disputa por votos na prévia do PSDB de São Paulo chegou às linhas telefônicas às vésperas da votação. O ex-governador José Serra passou parte dos últimos dias ligando para cabos eleitorais tucanos e chega a conversar até 20 minutos com líderes locais na tentativa de convencê-los a aderir à sua pré-campanha.

Leia também: Alckmin declara apoio 'como militante' a Serra

Divulgação
José Serra telefona para militantes e pede voto nas prévias

Os alvos prioritários são militantes que, na avaliação da equipe de Serra, ainda não estão totalmente comprometidos com José Aníbal ou Ricardo Tripoli , seus adversários. "O foco está em todos os filiados que tinham alguma possibilidade de mudar o voto", resume um aliado de Serra.

A equipe do ex-governador elaborou uma lista com cerca de 50 nomes, incluindo presidentes de diretórios zonais, secretários e militantes que atuam em bairros onde Serra não esteve durante a pré-campanha.

O ex-governador costuma pedir aos líderes que se engajem na prévia e convençam outros filiados a votarem a seu favor no domingo. Serra diz também que pretende voltar a conversar com o militante para montar seu programa de governo.

Aliados acreditam que os líderes que recebem a ligação ficam sensibilizados ao ouvir sua voz. "Quando ele liga, a pessoa do outro lado da linha desmonta. Ninguém resiste a uma ligação do Serra", conta um tucano. Um militante que não deu bola para o telefonema de Serra desdenha. "Realmente, quem nunca abraçou o rei fica surpreso ao ver o rei acenar de longe."

Percorrendo a lista de contatos, o tucano foi obrigado a falar com filiados que não quiseram conversa: declararam voto em Aníbal ou Tripoli, e o telefonema foi encurtado. Nesses casos, cada ligação dura no máximo um minuto. Serra agradece a atenção e desliga. Parte desses filiados avisou imediatamente os outros pré-candidatos sobre a ação de telemarketing de Serra.

Quem faz parte das ligações é a secretária de seu escritório político. Depois que atende e se identifica, Serra costuma elogiar projetos coordenados pelo militante e relembra feitos de seus períodos à frente da Prefeitura e no governo do Estado.

O ex-governador cancelou parte dos encontros presenciais com a militância para fazer as ligações. Nesta semana, subiu ao palanque só uma vez.

A equipe de Serra também disparou mensagens de texto para os celulares dos filiados. O SMS dá o endereço do local de votação de cada tucano e traz um pedido de voto. "Prezado filiado, domingo é dia de votar na prévia do PSDB. Conto com o seu voto. Um abraço, José Serra", diz a mensagem recebida por um militante. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG