Posse de Dilma contará com representantes de 132 países

Hillary Clinton, secretária de Estado dos EUA, estará entre os estrangeiros que participarão de cerimônia no sábado

iG Brasília |

O Ministério das Relações Exteriores confirmou a presença de representantes de 132 países na posse da presidente eleita Dilma Rousseff. Segundo o Itamarity, serão 23 chefes de Estado ou de Governo, nove vices, 24 chanceleres e 76 embaixadores ou encarregados de negócios.

Haverá, ainda, dez os representantes de organismos internacionais, entre eles a União Européia e a Organização das Nações Unidas (ONU). 

No protocolo da posse, Dilma deverá ser recebida pelos representantes estrangeiros no Palácio do Planalto depois de receber a faixa presidencial de Lula e pouco antes de fazer seu pronunciamento à nação.

Dilma deverá receber 11 presidentes, sendo que o único que não é representante de país da América Latina é o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas. A Palestina foi reconhecida como Estado recentemente pelo Brasil .

Entre os presidentes da América do Sul, estarão presentes Hugo Chávez, da Venezuela; Sebastián Piñera, do Chile; Evo Morales, da Bolívia; José Alberto Mujica Cordano, do Uruguai; Alan García, do Peru; e Juan Manuel Santos, da Colômbia. A presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, declarou que não viria por motivos pessoais, mas envia seu ministro das Relações Exteriores, Héctor Timerman.

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, também confirmou sua presença no evento. Ela deverá passar apenas três horas no país, e deve participar apenas da recepção a Dilma no Palácio do Planalto, sem ficar para o evento comemorativo no Itamaraty na noite do dia primeiro.

    Leia tudo sobre: dilmapossehillary clintonlula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG