Por palanque único em MG, PT e PMDB se reúnem

Principais dirigentes dos partidos discutem impasse no segundo maior colégio eleitoral do País, o que prejudica Dilma Rousseff

Andréia Sadi, iG Brasília |

Os principais dirigentes do PT e o PMDB estão reunidos nesta quarta-feira na Câmara dos Deputados, para discutir o palanque da candidata à Presidência Dilma Rousseff em Minas Gerais. O encontro ocorre a portas fechadas.

Participam da reunião o presidente do PT, José Eduardo Dutra e o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel, que derrotou o ex-ministro Patrus Ananias na prévia do partido no último domingo. Do lado do PMDB, marcam presença o presidente do partido, Michel Temer, provável vice de Dilma, o presidente estadual do partido, Antonio Andrade, e o ex-ministro Hélio Costa, candidato ao governo de Minas.

Segundo maior colégio eleitoral do país, o Estado é considerado estratégico para a disputa pela Presidência da República. Mas Minas Gerais é palco de impasse entre os dois partidos aliados, que querem lançar candidatura própria. Se isso se concretizar, a ex-ministra da Casa Civil terá dois palanques no Estado, contrariando a vontade do presidente Lula.

O impasse em Minas adiou até o encontro do PMDB que consagria Temer na vice de Dilma, previsto para o dia 15. Antes da garantia do apoio, o PMDB quer resolver entraves em terrenos importantes como Minas Gerais. Com isso, a convenção da legenda ocorrerá somente na segunda semana de junho, quando o casamento será sacramentado.

    Leia tudo sobre: PTPMDBDilma Rousseff

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG