Por motivo de saúde, Chávez cancela viagem ao Brasil

Segundo o Itamaraty, venezuelano vai passar por tratamento de lesão no joelho, o que exigirá repouso nos próximos dias

Andréia Sadi, iG Brasília |

AE
Dilma Rousseff e Hugo Chávez, durante a posse da presidenta, em janeiro
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, cancelou visita que faria ao Brasil nesta terça-feira por recomendação médica, para tratamento de lesão no joelho - o que exigirá repouso nos próximos dias. A informação foi confirmada pelo Itamaraty.

O governo brasileiro foi informado do cancelamento pelo chanceler Nicolás Maduro. Chávez cancelou também as viagens à Cuba e Equador.

O objetivo do encontro com Dilma Rousseff era fortalecer as relações bilaterais, intensificadas no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva .

Nas conversas, um dos temas de destaque seria a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, que recebeu este nome em homenagem ao brasileiro que lutou ao lado de Simón Bolívar para a libertação da Venezuela. A Petrobras cobrou da estatal venezuelana PDVSA o repasse de cerca de R$ 400 milhões para a conclusão das obras. De acordo com o governo brasileiro, apenas a Petrobras investiu na refinaria.

A divisão original do empreendimento seria de 40% para a PDVSA e 60% para a Petrobras. A Venezuela, apesar de ser grande produtora de petróleo, não consegue agregar valor a todos os seus barris e exporta principalmente óleo cru.

Na quinta-feira, a Petrobras anunciou que enviou uma carta de alerta com a cobrança de pagamento para até agosto. O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, também estaria em Brasília, nas cerimônias oficiais da visita de Chávez, onde trataria do assunto.

O Itamaraty afirmou que uma nova data para a visita de Chávez será marcada assim que ele se recuperar.



    Leia tudo sobre: hugo chavezvisitabrasilvenezuela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG