Polícia Federal liberta governador do Amapá

Com prazo da prisão temporária vencido, Pedro Paulo Dias e outros três acusados de desvio de recursos públicos foram liberados

Reuters |

A Polícia Federal libertou o governador do Amapá, Pedro Paulo Dias de Carvalho (PP), e outros três acusados de envolvimento em desvio de recursos públicos, informou a PF neste domingo.

Segundo a Polícia Federal de Brasília, eles foram soltos à meia-noite porque acabou o prazo da prisão temporária. Entre os que foram libertados nesta madrugada está Waldez Goés (PDT), ex-governador do Amapá e candidato ao Senado.

Dias de Carvalho, que é candidato à reeleição, e outras 17 pessoas foram presas no último dia 10 numa operação que é um desdobramento de investigações iniciadas em 2009 que apontaram indícios de desvio de recursos repassados à Secretaria de Educação do Estado por meio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental (Fundef).

Também foram identificados, segundo a PF, desvios de recursos no Tribunal de Contas do Amapá, na Assembleia Legislativa, na Prefeitura de Macapá, nas secretarias de Justiça e Segurança Pública, de Saúde, de Inclusão e Mobilização Social, de Desporto e Lazer e no Instituto de Administração Penitenciária.

    Leia tudo sobre: amapápedro paulo diasrecursos públicos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG