Police Neto é o novo presidente da Câmara Municipal de São Paulo

Com cinco votos de diferença, candidato de Kassab vence disputa pela presidência da Câmara Municipal paulistana

Nara Alves, iG São Paulo |

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), obteve vitória nesta quarta-feira na eleição da presidência da Câmara Municipal de São Paulo. O candidato apoiado pelo prefeito, José Police Neto, o Netinho (PSDB) venceu por 30 a 25 votos o candidato de seu próprio partido Milton Leite (DEM).

Com a vitória, Kassab ganha força e prestígio e consegue enfraquecer o bloco chamado “Centrão”, composto por 17 vereadores de diversos partidos que agia na Casa como fiel da balança das votações ora apoiando o governo ora se juntando a oposição.

No término da sessão, que durou 35 minutos, o vereador petista José Américo insinuou que Kassab teria cooptado apoio a Police Neto de partidos como PCdoB e PDT, tradicionalmente da oposição, negociando cargos em secretarias. “Police Neto tem capacidade. Ele não precisava permitir os métodos usados para dobrar alguns votos”. O vereador petista sugeriu a todos os presentes que acompanhem os diários oficiais nas próximas semanas para comprovar que houve esta negociação.

Depois da votação, o vereador Antonio Goulart (PMDB) disse que mudou seu voto por intermédio da vice-prefeitura da capital paulista, Alda Marco Antonio. De acordo com Goulart, toda a negociação foi feita com Alda e não houve reunião com Kassab. De acordo com palavras do vereador, Alda chegou a dizer que "Kassab irá para o PMDB no início do ano".

Para evitar qualquer tipo de golpe, alguns vereadores que apoiaram a candidatura de Police Neto dormiram em um mesmo hotel perto da Assembleia. Nos bastidores, comenta-se que seria uma medida para evitar atrasos e garantir a presença dos vereadores.

O restante dos seis cargos da mesa também ficou com os candidatos apoiados pelo prefeito Kassab. O primeiro e segundo vice-presidente eleitos foram, respectivamente, Antonio Goulart (PMDB) e Claudio Prado (PDT). O primeiro e segundo secretário eleitos foram Netinho de Paula (PCdoB) e Atílio Francisco (PRB). Já a primeira e segunda suplência ficaram, respectivamente, com Ushitaro Kamia (DEM) e Adolfo Quintas (PSDB).

    Leia tudo sobre: câmaravotaçãokassab

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG