Mudança na capitalização do BNDES está entre as matérias que deverão ser votadas no esforço concentrado a partir da semana que vem

O Plenário da Câmara vai começar os trabalhos na primeira semana de agosto, em que será realizado esforço concentrado para votação de matérias, com a pauta trancada por três medidas provisórias. Uma delas é a que trata da capitalização do  Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e as outras duas tratam da  da preparação do Brasil para as Olimpíadas de 2016.

Uma das medidas é a que autoriza a União a criar a Empresa Brasileira de Legado Esportivo (Brasil 2016) para prestar serviços às entidades públicas ligadas à realização dos Jogos Olímpicos de 2016. Outra autoriza a União a participar da Autoridade Pública Olímpica (APO), o consórcio que coordenará as ações governamentais dirigidas aos jogos. Participarão também os governos do Estado e do município do Rio de Janeiro. A proposta flexibiliza as normas de licitações aplicadas às obras da Copa do Mundo de 2014, também a ser realizada no Brasil, e das Olimpíadas de 2016.

Outras propostas poderão ser incluídas na pauta das sessões extraordinárias pelo presidente da Câmara, Michel Temer, se houver acordo entre as lideranças partidárias.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.