Pivô do caso Waldomiro Diniz e mais 80 são denunciados pela Procuradoria

O empresário Carlinhos Cachoeira é considerado o líder do esquema de exploração de máquinas caça-níqueis em Goiás

Agência Brasil |

AE
Carlinhos Cachoeira foi denunciado com mais 80 pessoas pelo MPF
O Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO) denunciou nesta segunda-feira 81 pessoas ligadas à exploração de máquinas caça-níqueis em Goiás, entre elas o empresário Carlinhos Cachoeira, considerado pelo MPF como líder do esquema. O documento foi encaminhado à Justiça Federal no Estado.

De acordo com a denúncia, o grupo explorava jogos de azar ilegalmente em Goiânia e no entorno de Brasília há mais de dez anos. O MPF também afirma que o negócio se mantinha com apoio de policiais militares, civis e federais, que organizavam “pseudoatuações” para fingir que combatiam o crime ou para eliminar concorrentes.

A peça acusatória tem 205 páginas e, segundo o MPF, é apenas a primeira das denúncias que serão oferecidas contra o grupo, com foco nos crimes de formação de quadrilha armada, corrupção, peculato e violação de sigilo, perpetrados por servidores públicos federais, estaduais e municipais.

Prisão: Operação da PF prende pivô do caso Waldomiro Diniz

Ação: PF faz operação contra exploração do jogo e lavagem de dinheiro

Saiba mais: Ministério Público denuncia Waldomiro por crime tributário

O MPF pede reparação dos gastos estatais para combater a quadrilha, que, segundo a denúncia, teve várias tentativas frustradas devido ao vazamento de informações.

Os procuradores da República também pedem autorização para compartilhar informações do processo com o Ministério Público estadual e outros órgãos de fiscalização interna e externa para neutralizar a atuação da quadrilha.

Cachoeira foi um das pessoas presas devido à Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, no dia 29 de fevereiro. Nesta tarde, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região começou a analisar o pedido de soltura do empresário, mas o julgamento foi suspenso por um pedido de vista.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG