Pimentel diz que intenção é ser candidato

"Meu nome foi escolhido para compor a chapa majoritária prioritariamente, mas não exclusivamente", afirma ex-prefeito ao iG

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

AE
Fernando Pimentel (no centro), venceu a disputa pela indicação como pré- candidato do PT ao governo de Minas Gerais
Em entrevista exclusiva ao iG , após vencer as prévias do PT, o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel defendeu que terá palanque único e que se for melhor para o PT está disposto a abrir mão para Hélio Costa (PMDB). Mas que a intenção é ser candidato

"Meu nome foi escolhido para compor a chapa majoritária prioritariamente. Mas isso não quer dizer que seja exclusivamente. E o Hélio Costa está com o mesmo espírito. Não pode haver imposição", afirmou.

Segundo Pimentel, o critério para a escolha é político. Além da pesquisa há outros fatores importantes, como taxa de rejeição e aceitação dos outros partidos. "A pesquisa é importante, mas não determinante. Se fosse, não precisaria nem ter eleição".

Já o candidato derrotado Patrus Ananias afirmou que não pretende dar declarações sobre a disputa nesta segunda-feira. Procurado pelo iG , afirmou que no fim tarde desta segunda-feira conversou com Pimentel para cumprimentá-lo pela vitória.

Prévias

Pimentel venceu as prévias do PT realizadas neste domingo em Minas Gerais. Com 100% das urnas apuradas, ele registrou 52% contra 48% do ex-ministro Patrus Ananias. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira pela assessoria do PT mineiro.

No resultado, foram descartadas 80 cidades do País, que não cumpriram a solicitação de enviar ao Diretório Estadual ata e lista dos votantes. As que enviaram apenas a ata ficaram de fora, para evitar alegação de fraude.

Pimentel quer encabeçar a chapa ao governo do Estado. No entanto, o PMDB, principal aliado do partido, quer lançar o ex-ministro Hélio Costa na disputa. Com a insistência dos petistas, o PMDB ameaça romper a aliança em Minas, segundo maior colégio eleitoral do País.

* com reportagem de Andreia Sadi, do iG Brasília

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG