Piauí tem ao menos 600 inquéritos por desvio de dinheiro público

Dados foram divulgados após a ¿Operação Geleira¿, que resultou na prisão de sete prefeitos. Vinte e nove foram soltos

Wilson Lima, iG Maranhão |

Dados da Polícia Federal do Piauí indicam que existem pelo menos 600 inquéritos que investigam desvios de recursos públicos em prefeituras e em órgãos públicos em todo o Estado. Esse número corresponde hoje a aproximadamente 50% dos inquéritos instaurados na PF piaiense.

O delegado de combate ao Crime Organizado, Janderliê Gomes Lima, afirmou que a expectativa é que neste ano sejam intensificadas as ações contra desvios de recursos em todo o Estado. “Vamos trabalhar para reduzir o número de crimes que tanto fazem mal aos cofres públicos do Piauí”, disse Lima, em entrevista coletiva, na semana passada.

Esses dados foram divuglados após a realização da “Operação Geleria”, que prendeu na semana passada sete prefeitos, dois ex-prefeitos e mais 30 pessoas acusadas de integrarem uma quadrilha que seria especializada na emissão e venda de notas fiscais frias para comprovar, de forma fraudulenta, gastos com recursos do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Saúde (MS). A PF estima que pelo menos R$ 20 milhões foram desviados pelo grupo nos últimos dois anos.

A PF do Piauí não descarta a possibilidade de prisão de mais gestores por crimes de corrupção. Agiotas, empresários e outros políticos estão sendo investigados. A PF também apura se a fraude também era cometida em outros Estados brasileiros, e não somente no Piauí.

No final de semana, a PF chegou a cogitar a prorrogação da prisão dos 30 envolvidos na “Operação Geleira”, mas não foi necessário. Vinte e nove, das 30 pessoas detidas foram soltas nesta segunda-feira de madrugada, quando expiro a prisão temporária decretada pelao juiz Ítalo Fiarovante, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Além da prisão de prefeitos, ex-prefeitos e funcionários públicos, a “Operação Geleira” também culminou na apreensão de documentos e bens dos envolvidos nas cidades de Landri Sales, Marcos Parente, Uruçuí, São Raimundo Nonato, Várzea Branca, Caracol, Eliseu Martins, Ribeira do Piauí, Porto, Amarante, Miguel Leão, Floriano e Teresina.

    Leia tudo sobre: piauíinquéritosPFOperação Geleria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG