Diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes do Estado, Gleidson Maia foi pego recebendo R$ 50 mil em propina

A Polícia Federal do Rio Grande do Norte prendeu o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Estado, o engenheiro Gleidson Maia, sobrinho do ex-diretor geral do Senado, Agaciel Maia (PTC), e do deputado federal reeleito João Maia (PR). O diretor foi preso recebendo R$ 50 mil em propina, em uma churrascaria no bairro de Capim Macio, zona sul de Natal.

O primeiro depoimento começou no final da tarde de ontem e se estendeu pela noite. Gleidson Maia está preso na sede da Polícia Federal.

Nesta manhã, a PF prendeu também o superintendente regional do DNIT no Rio Grande do Norte, Fernando Rocha Silveira.

A Polícia Federal ainda não concedeu entrevista para explicar como era a operação do grupo.

Gleidson Maia chegou ao cargo de diretor do DNIT por indicação do deputado federal João Maia, presidente estadual do PR.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.