PDT critica governo de Alckmin e assina CPI dos pedágios

Em meio a crise do PSDB, aliados de Alckmin decidiram apoiar PT e assinaram pedido de invetigação da cobrança de pedágio no Estado

AE |

selo

Em um sinal de que pode estar a caminho de se tornar oposição ao governo Geraldo Alckmin , o PDT - com uma bancada de quatro deputados - decidiu apoiar o PT e assinou um pedido de CPI na Assembleia Legislativa para investigar a cobrança de pedágios no Estado. Mesmo com o apoio pedetista, contudo, o PT reuniu apenas 31 das 32 assinaturas necessárias para a instalação da CPI.

Depois de um discurso em que fez duras críticas ao governo Alckmin, o líder do PDT na Assembleia, José Bittencourt, anunciou ontem o apoio ao pedido de investigação do PT. "Sou aliado ( de Alckmin ), mas não alienado", disse. Para ele, a investigação dos pedágios "pode contribuir com ideias para o governo".

O líder do PSDB, Orlando Morando, ironizou a atitude: "Depois ( o PDT ) tem suas reivindicações atendidas e retira as assinaturas da CPI." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: geraldo alckminpdtinvestigaçãopt

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG