Para Lula, STF respeitou soberania do Brasil

Ex-presidente disse que fez exatamente o que estava acordado em tratado com a Itália e é normal ter algumas reclamações

AE |

selo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que o Supremo Tribunal Federal (STF) teve uma atitude de respeito à soberania do Brasil ao reconhecer que foi correto seu ato, enquanto ocupava a Presidência, de não extraditar o ex-ativista italiano Cesare Battisti. "O Brasil não abriria mão da sua soberania e a Suprema Corte reconheceu o acerto da decisão do presidente da República", afirmou o petista, após encontro na capital paulista com o presidente eleito do Peru, Ollanta Humala.

AE
Lula durante encontro com o presidente eleito do Peru, Ollanta Humala, em São Paulo
Lula afirmou que a decisão presidencial favorável ao ex-ativista obedeceu aos critérios previstos no tratado com o governo italiano. "O que eu fiz está exatamente no tratado que temos com a Itália. Acho normal algumas pessoas reclamarem", afirmou. O ex-presidente disse que agora cabe ao governo italiano respeitar a decisão do Judiciário brasileiro. "Não vejo nenhuma razão para a Itália não tratar isso como uma questão da normalidade democrática e soberana do Brasil", avaliou.

Lula disse ainda que não há hipótese de o PT impor um nome para a eventual substituição de Luiz Sérgio no comando da Secretaria de Relações Institucionais. "Quem não conhece a presidenta Dilma Rousseff vai aprender uma coisa: jamais alguém a obrigará a fazer uma coisa que ela não queira fazer", afirmou. Lula disse ainda que durante seus oito anos de governo seu partido nunca teve poder de decisão no Palácio do Planalto. "O PT não irá impor ministro para ela como nunca impôs para mim", ressaltou.

O ex-presidente classificou o impasse em torno da articulação política do atual governo como um problema menor. "Nenhum probleminha conjuntural vai atrapalhar o projeto estrutural da companheira Dilma neste País", garantiu. Na avaliação do petista, a presidenta está no controle da situação. "A companheira Dilma é a senhora da situação."

Lula disse ainda que hoje, como ex-presidente, tem tido mais tempo para ler os jornais. E criticou a forma como são noticiados os bastidores e os supostos impasses dentro do governo federal. Para ele, a imprensa tem menosprezado a figura da presidenta. "Dilma fará o mesmo sucesso que ela fez na Casa Civil porque ela sabe como fazer", afirmou.

    Leia tudo sobre: lulaollanta humalladilma rousseffstf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG