Precisamos construir uma aliança mais ampla do que construímos nas últimas eleições presidenciais, diz tucano

selo

O senador Aécio Neves
AE
O senador Aécio Neves
O senador Aécio Neves (PSDB-MG) defendeu na noite de hoje que o PSDB mantenha as portas abertas para uma eventual aliança com o PSD, partido recém-criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

O tucano ponderou, contudo, que no atual momento é necessário aguardar a postura que tomará a legenda recém-criada em relação ao governo federal. "O que eu defendo é que o PSDB deixe, sim, as portas abertas para construir uma aliança mais ampla do que construímos nas últimas eleições presidenciais", afirmou.

O senador acrescentou que a formação de um leque maior de alianças deve não apenas focar a disputa presidencial em 2014, mas também ter como meta a retomada do espaço da oposição ao governo federal no Congresso Nacional. O senador participa na noite de hoje de reunião do Conselho Político do PSDB, promovida no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo.

O tucano negou que a declaração que deu ao jornal O Estado de S. Paulo , em entrevista publicada na edição deste domingo, tenha antecipado o debate para a escolha do candidato do PSDB nas eleições de 2014.

Ao jornal, Aécio afirmou que, caso venha a lançar sua candidatura, estará pronto para enfrentar quem quer que seja o seu concorrente pelo PT: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ou a atual presidente, Dilma Rousseff. Ao chegar à reunião, o senador ressaltou que, daqui para frente, é "natural" que se fale sobre as eleições. "O PSDB está hoje num processo de fortalecimento das suas estruturas regionais e atualização do seu discurso. Esses são os nossos desafios para que possamos enfrentar as eleições municipais", ressaltou. "E, como eu disse ao jornal O Estado de S. Paulo, no amanhecer de 2013 eu acho que, aí sim, o PSDB deve buscar definir qual é o seu candidato", ponderou. O tucano também defendeu a realização de prévias para a escolha do candidato do partido em 2012.

Aécio antecipou que na propaganda nacional do PSDB, que irá ao ar na próxima quinta-feira (13), ele discorrerá sobre os projetos do partido que deram certo e sobre a força do PSDB em âmbito estadual.

Além do senador, deverão participar da inserção o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o ex-governador José Serra , que atualmente preside o Conselho Político da legenda. Ao chegar ao Palácio dos Bandeirantes, Serra antecipou que, na reunião, serão discutidas em tópicos alianças para as próximas eleições e será feita uma avaliação do atual cenário político. A expectativa de tucanos é de que também seja abordada no encontro a afirmação do senador Aécio Neves ao jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.