Palocci perde autoridade se disputar com Mantega, diz Carvalho

Gilberto Carvalho nega atritos internos e compara chefe da Casa Civil a um 'capitão discreto'

Adriano Ceolin, iG Brasília |

Em entrevista ao iG , o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria Geral da Presidência) afirma que Antonio Palocci (Casa Civil) vai evitar entrar em “bola dividida” com Guido Mantega (Fazenda) para “não perder autoridade”.

nullEle negou haver divergência entre os dois como tem sido especulado. Numa comparação com ex-chefe da Casa Civil José Dirceu (2003-2005), Carvalho afirma que Palocci é “o capitão discreto” da equipe da presidenta Dilma Rousseff .

“O Palocci hoje tem uma posição que é muito importante. É o coordenador de governo. Palocci é suficientemente inteligente para não entrar em nenhuma disputa. Ele sabe que cada vez que entrar numa disputa ele perde a autoridade. Portanto, não acho que esteja ocorrendo uma disputa Mantega x Palocci. O ministro Palocci tem sido muito cuidadoso”, disse.

Confira trechos da entrevista:

iG: Há uma disputa dentro do governo entre os ministros Guido Mantega (Fazenda) e Antonio Palocci (Casa Civil) como ocorreu no começo do governo Lula entre o próprio Palocci e o ex-ministro José Dirceu (à época chefe da Casa Civil)?
Carvalho:
O Palocci hoje tem uma posição que é muito importante. É o coordenador de governo. Palocci é suficientemente inteligente para não entrar em nenhuma disputa. Ele sabe que cada vez que entrar numa disputa ele perde a autoridade. Portanto, não acho que esteja ocorrendo uma disputa Mantega x Palocci. O ministro Palocci tem sido muito cuidadoso naquilo que observo.

iG: Mas por que ele perde autoridade?
Carvalho:
Palocci coordena o governo.

iG: Ele sai menor se disputar?
Carvalho:
Sai menor. É lógico. Ele não pode ( disputar ). Perde autoridade. Eu percebo no Palocci um grande cuidado em não entrar em bola dividida.

iG: Ele é um “capitão do time” como era José Dirceu no governo Lula?
Carvalho:
Palocci é um capitão a seu modo. Um modo muito mais discreto. Mas com uma forte delegação da presidenta. Dilma tem o Palocci muito perto de si. Ele é um auxiliar, um braço direito. E, por isso, além de ser coordenador, ele representa a ação da presidenta para dentro do governo. Então, não convém a ele bola dividida. Eu não tenho visto ele fazer isso. Ao contrário. Toma o máximo de cuidado em assuntos que vão para a área de economia ( de Mantega ).

iG: Na visão do senhor ele, tem tomado cuidado...
Carvalho:
Essas pseudo avaliações não são da presidenta nem do Palocci. É de gente que eu não sei quem, nem quero saber. No caso do Guido ( Mantega ), ela ( a presidenta ) tratou de rapidamente desmentir pela repercussão que tem na economia.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG