Palocci muda atribuições da Casa Civil

Plano do ministro é deixar o ministério com atribuições de assessoramento da Presidência da República, de cunho mais político

Agência Brasil |

O Diário Oficial da União publicou nesta sexta-feira (18) o decreto que transfere da Casa Civil para a Secretaria-Geral da Presidência da República várias atribuições.

A partir de agora, estão a cargo da Secretaria-Geral, sob a responsabilidade de Gilberto Carvalho, todas as licitações ligadas ao dia a dia do Palácio do Planalto e a realização de auditorias sobre o uso de recursos federais por entidades e órgãos públicos e privados.

Deixam, também, de estar sob a responsabilidade da Casa Civil o Arquivo Nacional e a gestão do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, que já haviam sido transferidos.

A medida faz parte do plano do ministro Antonio Palocci, de transformar a Casa Civil num órgão mais político, de assessoramento à Presidência da República.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG