Pagot valoriza funcionários e orçamento do Dnit em despedida

Ex-diretor-geral fez questão de discursar aos antigos subordinados antes de deixar órgão, após série de denúncias de corrupção

iG Brasília |

Por iniciativa própria, Luiz Antônio Pagot falou ao corpo de funcionários do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) hoje pela manhã, antes de entregar seu pedido de demissão .

Pagot fez um discurso carregado de emoção a centenas de funcionários no auditório do prédio do Dnit, em Brasília, exaltando as virtudes do órgão e contestando as críticas de corrupção na instituição.

O ex-diretor-geral do Dnit agradeceu os esforços de todos, porque entende que a produção do Dnit supera em muito a falta de estrutura do órgão, que, para ele, têm menos funcionários e recursos administrativos do que precisaria. “Esse esforço não foi só do diretor-geral, mas de todos vocês”, afirmou.

Ele lembrou que conseguiu elevar a cerca à casa do bilhão por mês o volume de investimentos do Dnit e disse que o pedido de demissão é irrevogável.

Assim como fez no Congresso no início do mês, ele voltou a questionar a declaração do ministro Jorge Hage, que disse que o Dnit teria um DNA corrupto.

Alguns dos funcionários do Dnit presentes aplaudiram-no de pé ao fim do discurso e se dirigiram para cumprimentá-lo, antes de ele deixar o auditório da casa.

De acordo com o Ministério dos Transportes, Pagot já solicitou à presidente Dilma Rousseff sua exoneração do cargo no qual estava desde 2006.

Desde o início do mês, quando estourou na imprensa o escândalo envolvendo denúncias de corrupção, cobrança de propina e tráfico de influência no Ministério dos Transportes e principais estatais (Dnit e Valec), a crise provocou a demissão do então ministro Alfredo Nascimento, do diretor da Valec, José Francisco das Neves, e de outros 15 integrantes da área.

Antes de comunicar o afastamento do cargo, Pagot entrou em férias, que se encerrariam em 6 de agosto, mas antecipou o prazo com o pedido de demissão.

* Com Agência Estado

    Leia tudo sobre: pagotdnitministério dos transportes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG